hashtag

As etiquetas que marcam um assunto, debate ou evento já viraram moda e podem ser ferramentas para os planejamentos publicitários. Você já deve ter visto alguma vez uma hashtag no Twitter. São aquelas palavras ou expressões com # na frente. Com o avanço fervoroso das redes sociais no Brasil, a publicidade ganha não só um grande aliado, mas também milhares de concorrentes. Dentre as várias formas de explorar as redes sociais, nada parece ser mais divertido ultimamente do que estar ligado nas hashtags. As etiquetas que marcam um assunto, debate ou evento já viraram moda por aqui e são, provavelmente, a mais nova febre no microblog Twitter.

Do ponto de vista do usuário, são pura diversão. Uma boa hashtag acaba virando um perfil a ser seguido. É o caso de @OBomDeSerRico, @TodoPobreSonha e o @QuandoNinguemOlha. Esses perfis com milhares de seguidores são pilotados por adolescentes cursando o ensino médio e funcionam a todo o vapor de forma colaborativa. Afinal, ser 2.0 para essa garotada não é nenhum desafio.

Do ponto de vista do mercado, ainda há muito para aprender. Muitas corporações ainda não sabem se vão ou não aderir às redes sociais. Elas têm muito medo da falta de controle da rede e, principalmente, não fazem a mínima ideia de como gerenciar uma crise que possa se instalar em um ambiente onde todos falam o que querem.




Mas há também as corporações que realmente se aliaram ao poder das ferramentas. É o caso da parceria Visa e Walmart na campanha baseada na hashtag #juntospelodescontovisa, em que um bom desconto era dado quando os usuários cumpriam uma meta de tweets com a etiqueta. Sites de educação também estão aderindo a parcerias com blogueiros e twitteiros. É o caso do Como Investir, que trata de educação financeira: em três meses, seu número de visitantes dobrou.

Puxando a sardinha para o lado do planejamento publicitário, temos nas hashtags uma fábrica produzindo insights o tempo todo. Com a possibilidade de mensuração simples que o Twitter Trends disponibiliza, fica fácil saber quais assuntos colam mais com os milhões de twitteiros do Brasil, acompanhando o poder das ideias que saem direto das teclas dos consumidores.

Estar atento a isso é uma oportunidade de se manter sintonizado com o que o consumidor pensa, o que antes só era possível através das técnicas de focus group, no melhor estilo de sala de interrogatório, onde um grupo de marqueteiros e publicitários ficava atrás do espelho tentando captar as nuances do comportamento de um determinado grupo.

Brainstorming, trends e insights agora estão disponíveis para qualquer um que quiser aderir ao mundo das hashtags. #ficaadica - Para ver quais grupos já foram criados, visite www.hashtags.org - o site oficial, que cria, organiza e apresenta esses grupos. Utilize a caixa de pesquisa no canto superior direito para ver se o nome do grupo já está disponível.




1 Comentário

  • está matéria foi vista e compartilhada por um usuário no odd10, o que nos fez conhecer seu blog. Muito bom, criativo e inteligente, parabéns, por isso convidamos você a fazer parte desta nova rede social que é o odd10. Participe, compartilhe, crie grupos, divulgue seu conteúdo, esperamos você, obrigado e até mais. (as matérias recém postadas vão para odds em votação)

Deixe sua Opinião!

Gostou do que encontrou aqui?

Leia antes de fazer seu comentário:
- Nos comentários dos artigos escreva apenas o que for referente ao tema.
- Palavras ofensivas serão removidas.
- Não coloque links no comentário para divulgar seu blog ou site, basta utilizar o OpenID na hora de enviar o comentário e seu link ficará gravado.

Sobre



Postagens





Comentários


Artigos exclusivos por Email

Feed

Coloque seu Email: